top of page
  • Foto do escritorAlisson Lima - Psicólogo e Neuropsicólogo Clínico

DESENVOLVIMENTO INFANTIL: ADAPTAÇÃO DA CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Atualizado: 7 de ago. de 2020



O momento em que o bebê (no berçário) e criança iniciam suas vivências na educação infantil, é uma fase de suma importância para um novo mundo de possibilidades.


É comum que as mães que passam grande tempo com o bebê e/ou criança, sintam-se um pouco inseguras, já que terão que ficar um tempo distante. Mas é importante que a mãe converse com o bebê e/ou criança e incentive esse novo momento. Assim, encorajando e mostrando para eles que será muito legal essas vivências nesse novo espaço.


Essa fase é conhecida como adaptação, no qual a escola tem uma rotina preparada para acolher a criança e os familiares nesse processo de transição.


A mãe e demais familiares dessa criança, podem aproximar os laços de vínculos com a unidade escolar e equipe, proporcionando uma parceria entre eles que irá contribuir para o desenvolvimento saudável da criança. Esse vínculo ajudará a mãe a se sentir mais calma, já que trata-se de um momento que pode causar um pouco de insegurança.


Conhecer a escola, a equipe, a rotina da criança, tudo isso, ajuda nesse momento. Temos que pensar, que cada criança irá reagir de uma forma no período de adaptação e é comum ter choros; falas de que querem ir com às famílias.


A parceria e incentivo da família é muito importante para ajudar a professora, que fará o acolhimento da criança. É comum que algumas crianças levem algum brinquedo de escolha afetiva delas para escola, esse brinquedo irá ajudar a acalmar a criança e também serve de elo entre o ambiente familiar e o escolar.


Algumas crianças nesse período podem ter sua alimentação desregulada, já que ela está se adaptando nesse novo contexto.


Pensando nesse momento de transição do bebê e criança para o contexto da educação infantil, a A L Psicologia está aqui para lhe ajudar e lhe oferecer dicas sobre o desenvolvimento infantil para entender melhor seus filhos. Portanto iremos conversar referente essa nova fase em que às famílias continuam educando os filhos, porém, agora com o ambiente da escola, possibilitando ampliar as possibilidades, vivências, tendo contato com meio ao qual a criança está inserida, permitindo o vínculo com a professora e coleguinhas.


A necessidade de parceria entre escola e família é muito significativa. Também é importante que a família entenda que seus filhos estarão em um ambiente, no qual, tudo foi pensado para mediar vivências, que ampliem o desenvolvimento, compreendam a diversidade e construam perspectivas comuns.


Nesse sentido, a criança irá brincar e explorar vários cenários do ambiente escolar: sala de aula, parques, quadras, refeitórios, trocadores, salas de vídeo, brinquedoteca, etc. Quando pensamos em Educação Infantil o centro é o bebê; é a criança, dessa forma, teremos um ambiente onde o lúdico; o espaço; o material e o tempo será adaptado para criança.



A unidade escolar compreende que essa criança é produtora de cultura e por meio das brincadeiras, das interações com o espaço escolar, com os coleguinhas integrantes da equipe escolar a criança irá ampliar suas palavras, criar vínculos de amizades e solucionar conflitos em disputa por brinquedos, entre outras possibilidades do contexto escolar.


As vivências mediadas pelas professoras(res) sempre com intencionalidades pedagógicas por meio da brincadeira (interações com o meio), irão proporcionar práticas pedagógicas que deem sentido ao território, como um espaço de pertencimento para a criança. Assim, com o tempo, o novo vai tornando-se comum e afetivo na vida da criança e também dos familiares.


Chegamos ao final dessa nossa conversa, mas se você gostou e quer saber mais referente a esse momento de transição, entre em contato conosco por meio das redes sociais, podemos marcar um atendimento online e conversar mais sobre essa e outras vivências da criança e família. Esse é um ato muito importante e de confiança e nós da A L Psicologia ficaremos satisfeito de estar com você nesse momento.


60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page