top of page
  • Alisson Lima - Psicólogo Clínico

MEU FILHO SERÁ FELIZ?

Atualizado: 24 de jul. de 2020


Alguns pais possuem uma habilidade diferenciada na criação de filhos, um jeito especial para educar, um dom que não pode ser explicado através de habilidades intelectuais

Psicologia Online

Não é segredo que todos os pais se preocupam com o futuro de seus filhos. Sempre queremos que nossos filhos sejam mais felizes do que fomos, para isso lhe oferecemos nosso amor incondicional.

Falar de educação parece simples, mas quais são os segredos de uma educação de sucesso? O que fazer para que seu filho seja feliz, tenha saúde e sucesso?

Fui pensando nisso que alguns estudiosos da Universidade da Califórnia em San Diego realizaram uma pesquisa e descobriram quais são as principais habilidades que os pais precisam ter para criar seus filhos com sucesso, saúde e felicidade. Portanto caro internauta, concentre-se e tente identificar em seu comportamento, quais habilidades você já possui e quais você precisa desenvolver.

 

"A imensa preocupação que os pais tem em proteger seus filhos, produzem tanto resultados positivos quanto negativos"

 

1 - Demonstre amor e carinho: Essa dica parece óbvia, mas muitas pessoas apresentam dificuldades de expressar seus sentimentos. Por mais amor que você sente por seu filho, é importantíssimo demonstrar/representar esse amor. As vezes acreditamos que não existe gesto maior de amor que trabalhar muito e possibilitar ao nosso filho uma boa educação e dignidade. Mas aqui vai o segredo que existe nas cabeças das crianças: eles querem atenção e carinho!

Pare um pouco para ficar perto de seu filho, para brincar com ele. Fale o quanto você o ama. Não basta só trabalhar! Estar próximo, demostrar seus sentimentos de afeto e explicar o significado deste sentimento é a primeira fórmula para o sucesso.

Psicologia Online

2 - Mostre sua capacidade de se relacionar: Neste caso, é importante que os pais saibam se relacionar bem. Mostre para seu filho como é bom manter uma relação saudável com o próximo, assim a criança poderá aprender a importância de manter relações afetivas verdadeiras. Evite discutir e brigar com seu parceiro(a) na presença da criança, essas ações podem gerar traumas que repercutirão na fase adulta de seus filhos.

Outro ponto a ser discutido aqui, é em relação aos casais separados. Pessoal, entendam que por mais difícil que tenha sido o casamento e o processo de separação, é extremamente prejudicial para a formação da moral da criança, quando os pais desqualificam um a imagem do outro na presença dos filhos, aliás existe uma lei sancionada que pais que praticam essa ação estão sujeitos a punições legais.

 

"Nenhuma criança quer ver as pessoas que mais ama tendo conflitos um com o outro"

 

3 - Administre seu estresse: Esse é o principal segredo para uma boa educação. Na pesquisa realizada "conseguir controlar suas emoções" é a principal habilidade que um pai precisa ter para que seus filhos possam ser felizes e bem sucedidos. Claro que todos nós sabemos que perder o controle na presença dos filhos é um péssimo exemplo de atitude.

Nós também sabemos que é muito difícil manter o controle em 100% do nosso tempo, para algumas pessoas em especial é mais difícil ainda. Se você perceber que está sempre gritando com seu filho e sem paciência, pense um pouco no quanto é difícil para uma criança viver com alguém que só sabe gritar e não tem um pingo de tolerância.

 

"Você já se afogou? Pois é, essa é a sensação que a criança desenvolve dentro de si; uma sensação de sufocamento"

 
Psicologia Online

4 - Incentive a iniciativa e independência da criança: Manter uma criança segura contribui para uma boa saúde, porém preocupar-se em excesso pode torna-la medrosa e insegura.

Outra questão importante é o fato de recompensar o filho devido a uma boa atitude. Pesquisas apontam que acompanhar muito de perto e sempre elogiar e/ou agradar, pode tornar a criança mais dependente. Portanto devemos sim recompensar, mas não devemos pecar pelo excesso, precisamos aprender a ponderar nossas ações, para que a criança aprenda também.

De modo geral, os pais possuem mais facilidade em acompanhar seus filhos que controlar seu estresse e manter uma boa relação afetiva com o companheiro(a).


5 - Acompanhe a aprendizagem: A educação é a base de tudo incluindo a base do futuro, portanto precisamos acompanhar o processo de aprendizado da criança, estimular ela a estudar e a gostar de ir a escola é fundamental. Mas para que isso aconteça não basta falar: "filho você tem que estudar". A criança entende melhor quando mostramos algo que os olhos podem ver, mostre para seu filho o que ele pode conseguir estudando, ajude-o nas lições de casa (mas não faça pela criança). Vá em todas as reuniões escolares, demonstre respeito e responsabilidade, será através de seus atos que a criança irá estruturar seus valores e deveres.


Não é fácil possuir todas as habilidades e nunca derrapar nesta caminhada que é a responsabilidade de criar e desenvolver um ser humano; um filho. A psicoterapia pode lhe ajudar a encontrar ferramentas para desenvolver essas habilidades fundamentais para o sucesso, felicidade e saúde não só do seu filho, mas seu também. Saiba que independente de habilidade, todos podemos aprender a ser pais melhores e mais completos.



FIQUE LIGADO:


Sabe qual a melhor forma de demonstrar amor e carinho? É simples, basta se atentar ao que a criança sente e pensa. Não ache que você é o único capaz de saber o que é melhor para seu filho, pratique a independência, ajude-o a desenvolver habilidades, no qual, a criança precisará ser autônoma em uma ação, isso permitirá que ele consiga enfrentar os desafios da vida adulta com mais naturalidade e facilidade. Pense bem, costumo dizer que os pais são uma espécie de espelho para seus filhos, portanto, para que a criança aprenda a ter bons hábitos, seus pais precisam dar um bom exemplo disso. Para as pessoas estressadas, saibam que independente do seu temperamento, meditação e exercícios de respiração podem ajudar a controlar os níveis de estresse, outro fator é que "ter um tempo para si" também ajuda a relaxar um pouco e recarregar as energias para se manter na rotina da criação de um filho, ao mesmo tempo você estará cuidando de si em todos os sentidos. Pratique a empatia, para saber o que é melhor para uma criança, coloque-se no lugar dela e lembre que um dia você também já foi!


Precisa de ajuda? Deixe seu contato e logo entraremos em contato. Conheça nossos serviços em Psicologia Online.


43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page